Você não precisa me aceitar!

maio 04, 2016

Voltou a chover na cidade, o frio chegou com tudo. Olho da janela e vejo algumas pessoas caminhando pela rua com seus guarda-chuvas, outras descendo do táxi e correndo para evitar que os pingos de chuva as molhassem. Enquanto isso, estou aqui nessa miniatura de sala, com a TV ligada, sem ao menos prestar atenção no que a moça do telejornal está falando, talvez seja algo sobre a política ou a crise econômica. O tédio se espalha por toda a sala e os pensamentos  melancólicos invadem minha mente. Há dias estou esperando a resposta, um e-mail ou carta. A ansiedade me consome de todas as maneiras possíveis, o frio na barriga nem se compara aos 9 graus que está fazendo lá fora.  
Olho de volta para a janela e vejo as folhas secas no chão, lembro da minha infância, onde eu tinha a mania de falar que sou feita de outonos e amava sentar para ler embaixo das arvores da praça, para sentir as folhas secas caindo sobre mim e desviando minha atenção. Pensar na minha infância me faz sentir uma paz enorme, lembro que nessa época os sonhos pareciam mais possíveis que agora na vida adulta. Sempre achava que só era ir lá e fazer. Lembro do primeiro desfile, eu deveria ter uns sete anos, meus olhos brilhavam só de pensar que eu desfilaria na passarela improvisada, brilharam mais ainda quando recebi o CD de Sandy e Junior como prêmio do primeiro lugar. Lembro de todas as vitórias e fracassos a partir daí e foi assim que aprendi que os nãos fazem parte da vida de todo mundo.  
        Um bipe me tira dos meus devaneios, olho para o computador e vejo que tem um novo e-mail na minha caixa de entrada. Penso em ignorar, mas a curiosidade me domina e caminho até a escrivaninha do meu lado oposto e abro a mensagem. A mão gelou, o coração disparou e um nó me subiu até a garganta, pensei em chorar quando li o conteúdo da mensagem, mas decidi que não valia uma lágrima, era apenas mais um não implícito em um "Você não tem o perfil que precisamos" eu já deveria estar acostumada com essas coisas e essas frases desconexas. Não costumo seguir padrões, sou o que sou, por mim e não para agradar. As pessoas não precisam me aceitar e eu deveria me importar menos. Afinal, eu preciso me aceitar, você não!

  • Share:

You Might Also Like

15 comentários

  1. Tenho depressão e ansiedade exagerada, o começo do seu texto me lembrou momentos em que tenho crises relacionadas a esses meus maus.. ansiedade consumindo e observação de pessoas e suas vidas normais na janela.
    Muito bacana seu texto, nos faz refletir se já não estamos dando atenção demais a opiniões alheias sobre nós mesmos.
    Estou seguindo seu blog. Amei o seu cantinho.
    Beijo,www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leslie, seja bem vinda ao nosso cantinho. Que ja deixou de ser só meu a muito tempo! ❤

      Excluir
  2. Que texto <3 Mas é isso aí, miga! Amor próprio é muito importante e quem não te aceitar do jeito que você é, azar o deles.
    Beijos
    www.purpurinaacida.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "De todos os amores,o próprio." Isso aí Isa! Obrigada pela visita ❤

      Excluir
  3. Adoroooo esse blog, muito maraa. ❤❤❤

    ResponderExcluir
  4. As pessoas não precisam me aceitar e eu deveria me importar menos. Afinal, eu preciso me aceitar, você não!

    Tô apaixonada por esse texto , menina continue por favor ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Bia,pode deixar! Vou continuar sim, obrigada pela visita. ❤

      Excluir
  5. Jane, independente de quem tenha te dito esse "não", saiba que foi ele quem saiu perdendo, e feio. Sei que a gente sempre costuma falar isso para consolar, mas é realmente verdade. Eu espero muito que isso não te faça desistir dos teus sonhos porque tu brilha, garota, tu brilha muito e esse brilho não pode ser escondido por causa de um não idiota de quem não soube te enxergar exatamente como tu é: maravilhosa!

    Inclusive, quero dizer mais uma vez que eu amei aquele teu ensaio fotográfico que você postou há um tempo atrás aqui. Desde então venho pensando muito em fazer um também <3

    Abração,
    milenaschabat.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai mds,Miis! Ta tentando me matar de amores, mulher? Me emocionei com seu comentário. De verdade,muito obrigada! E faça sim o seu ensaio, super apoio!
      Abração e obrigada de novo ❤

      Excluir
  6. Você não faz ideia das palestras que dou na minha casa quando recebo emails padrões desse jeito. Juro! Quero morrer e matar.. A pessoa não me conhece, e fala que não tenho o padrão que eles esperam? =/

    Adorei seu texto e sim..É vc que tem se aceitar e se amar <3
    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  7. Que texto, menina! Adorei a forma que você escreveu e gostei principalmente do final. Realmente não precisamos seguir padrão nenhum! O que importa é você se sentir bem consigo mesma ♥
    Beijão,
    Blog Ó, tô em dúvida...

    ResponderExcluir